quarta-feira, outubro 14, 2009

Anhangá nova formação


A Anhangá agora conta com toda pressão sonora do guitarrista Digão que já passou pelas bandas Rhox e Raiva em Paz.
Os ensaios estão fluindo muito bem e já tem show's marcados, em breve será divulgada a agenda.
Enquanto isso escutaí a música Atitude que só era possível ouvir no myspace do estúdio Riff, agora liberada também no myspace da banda www.myspace.com/bandaanhanga
Vídeo: ensaio gravado

video

segunda-feira, abril 13, 2009



ANHANGÁ no Grito Rock 2009/Cuiabá
“Essa é a matriz!”. Baiano, da local Anhangá, berrava ao microfone. A penúltima banda da noite e que, com seu discurso social martelado num crossover à la Madame Saatan com Van Diesel nos vocais, ensinou o bê-á-bá (eat me) pra molecada e pra muito marmanjo de bobs ali e por aí também. “Quero ver roda punk!” – e a roda girou. Essa é a motriz. A que supera modismos e crises econômicas e leva os festivais adiante. No fim das contas, quando os quinze minutos de fama se esvaírem, restarão os seqüelas e portas-bandeira. É pra eles que uma cadeia está sendo consolidada. “Hora de mensagem subliminar, nem tudo é real nessa porra”. O cara do lado: “mensagem subliminar?” e cai na gargalhada. Nem tudo pode ser levado tão a sério no rock. Penúltima banda, penúltima cerveja.
Por Caco Ishak, um dos criadores do baixo calão.Texto publicado em: http://www.portalrockpress.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=3328 e http://baixocalao.com/blog/?p=197
---------------------------------------
Na Convenção do Rock 2008
“Com certeza, novas bandas autorais conquistarão público fácil por lá. Estão sedentos... É impressionante como grande parte dos participantes do evento se lembravam da ANHANGÁ, banda cuiabana que se apresentou na Convenção do Rock do ano passado”.
Por Ney Hugo, baixista do Macaco Bong e gestor no Espaço Cubo. Escrevendo sobre a Convenção do Rock em Alta Floresta publicado no seu blog: http://www.esgroovinhando.blogspot.com/
-------------------------------------------------
Na prévia do Grito Rock 2009/Cuiabá
“O baixo e a batera estão sistematicamente cravados, demarcados. “Bateção” de cabeça, agressividade, roda punk e muito mosh fez parte do cenário. Publico enfurecido. O diferencial da Anhangá são as letras insinuando preservação ambiental. Estranho um metal desses falar de natureza? Nem tanto, já que o nome da banda significa, na língua tupi-guaraní, um espírito, e como tal, "invisível" que vive e corre nas matas, protegendo os animais e seus filhotes.
Por Alfa Canhetti do Cubo Comunicação.texto sobre a prévia do Grito Rock 2009, onde Anhangá participou como banda convidada.